Sem categoria

De volta ao Estágio de Patrulhas de Longo Alcance | Dia Internacional da Fotografia


“Não fazemos uma foto apenas com uma câmera;
ao ato de fotografar trazemos todos os livros que lemos,
os filmes que vimos, a música que ouvimos,
as pessoas que amamos.”

(Ansel Adams)

A primeira vez que participei do Estágio de Patrulhas de Longo Alcance com Características Especiais, conduzido pela Seção de Instrução Especial (SIEsp), foi em 2017, quando eu estava produzindo o livro do cinquentenário dessa seção. Dois anos depois, retorno para esta atividade, com o objetivo de acompanhar a minha turma. Foi a vez deles enfrentarem as condições extremas na Represa do Funil, localizada em Itatiaia (RJ), e também nas regiões vizinhas, a exemplo de Queluz, Areias e São José do Barreiro, no Estado de São Paulo.

Os olhares já não são mais surpresos, e soam como velhos conhecidos de uma longa e marcante formação. “Quatro anos se passaram”, alguém comentou. “É verdade! E continuamos aqui, juntos (risos). Só falta mais uma SIEsp agora”, completei. A ficha caiu naquele momento. Já são quatro anos documentando as mesmas pessoas. A mesma turma. Desde o começo. E será assim até o final.

A única maneira de reviver todos esses momentos é por meio, exclusivamente, da fotografia. Como dizia Henri Cartier-Bresson, “nós, fotógrafos, lidamos com coisas que estão continuamente desaparecendo e, uma vez desaparecidas, não há mecanismo no mundo capaz de fazê-Ias voltar outra vez. Não podemos revelar ou copiar uma memória”.

Hoje, 19 de agosto, comemora-se o Dia Internacional da Fotografia. Uma data extremamente importante para mim, que me faz relembrar do meu propósito e da importância do nosso trabalho. Como fotógrafos, temos a grande responsabilidade de eternizar momentos. Ora momentos felizes, ora momentos tristes. Por vezes, também registramos momentos difíceis. De qualquer forma, este fato ainda é maravilhoso pela simples razão de que, ao eternizarmos um instante, também enxergamos o que está além daquela fração de segundo: nós vemos a superação, o amor em forma de gesto, o olhar que traduz inúmeros sentimentos, a dor que não é eterna e a felicidade que transborda.

Nada é permanente. No entanto, eternizar momentos parece ser uma boa forma de lembrar as pessoas que dias melhores virão. E, quando se sentirem sozinhas ou desanimadas, poderão olhar para aquela fotografia. Quando isso acontecer, você não pensará mais sobre aquilo que precisa enfrentar, mas sobre tudo aquilo que já superou.

Agradeço a Deus, a minha família, amigos, o Exército e a minha turma por significarem tanto para mim.

Céu estrelado em uma noite muito fria, durante o Estágio de Patrulhas de Longo Alcance com Características Especiais.

Desde a sua criação, em 1967, a SIEsp tem como objetivo desenvolver nos cadetes atributos como capacidade de decisão, resistência física, mental e psiquíca – características imprescindíveis ao líder militar. Para isso, todos os estágios buscam o máximo de realismo possível, aproximando-se do combate real.

Confira o ensaio:

Laços de Honra – O outro lado do Exército é um projeto fotográfico que retrata a formação do oficial combatente do Exército Brasileiro. A série fotográfica contempla as quatro escolas de formação militar: a Escola Preparatória de Cadetes do Exército (EsPCEx), a Academia Militar das Agulhas Negras (AMAN), a Escola de Aperfeiçoamento de Oficiais (EsAO) e a Escola de Comando e Estado Maior do Exército (ECEME).

www.paulamariane.com.br/blog

4 thoughts on “De volta ao Estágio de Patrulhas de Longo Alcance | Dia Internacional da Fotografia

  1. Magnífico, sensacional, espetacular!
    Cumprimentos pela cobertura completa do Estágio!
    Revivi claramente os anos de 1975/76/77, quando participei dessas atividades!

  2. Que lindo trabalho! Parabéns! Que Deus continue te capacitando a olhar, através das lentes, nossos filhos com ternura mesmo em ambientes tão improváveis. Obrigada de ❤

  3. Extraordinário teu trabalho, parabéns e obrigado por de certa forma nos deixarmos mais pertos de nossos queridos familiares, sou tio do cadete Carlos 198 nas fotos. Mais uma vez parabéns e obrigado

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *